Projeto

Crescer+Inovador foi o nome eleito para o projeto de Qualificação que a Associação Comercial e Industrial de Sernancelhe em copromoção com o Município de Sernancelhe e a Associação Sementes da Terra criou.

A origem desta denominação em tudo tem haver com a missão deste projeto.


Crescer + Inovador

Pela necessidade de potenciar os produtos endógenos da região de Sernancelhe, e de construir um modelo de desenvolvimento sustentável para a região.

Por fomentar a inovação, tornar as empresas mais dinâmicas, promover a criação de emprego qualificado e consequentemente tornar a região mais competitiva e desenvolvida.

Objetivo
do Projeto

Fomentar a cooperação empresarial para promover a inovação dos produtos agroalimentares de Sernancelhe, por forma a capacitar o setor para a criação de valor acrescentados, dinamizar e promover o território.

O projeto contribui ainda para:

  • Detetar os produtos endógenos e os produtos tradicionais de Sernancelhe;
  • Promover a sua valorização através de ações conjuntas de divulgação e de fomento à Inovação;
  • Potenciar a implementação de novas dinâmicas empresariais que se traduzam em mais emprego e competitividade no mercado.

Setor
Agroalimentar

O setor agroalimentar é o ponto forte da Região. A localização geográfica do território e as suas características edáficas e climáticas locais conferem especificidades únicas aos produtos e bens agroalimentares.

É nesta região que se podem encontrar uma variedade de oferta de produtos agroalimentares de qualidade com Denominação de Origem Protegida, como é o caso da “Castanha dos Soutos da Lapa”.

Dois terços da população de Sernancelhe dedicam-se à agricultura, na atividade agrícola predominam os cultivos de frutos, vinha, prados, pastagens e criação de gado.

Diagnóstico e Perspetivas de Futuro
Setor Agroalimentar

O estudo do contexto regional dos produtos endógenos e do seu potencial inovador tem como objetivo analisar a estrutura económica do setor agroalimentar de Sernancelhe, os seus desafios, dificuldades e perspetivas de futuro.

O estudo foca-se nos produtos endógenos da região, como a castanha, o azeite, os vinhos, o mel, a maçã e o queijo.

Com foco numa estratégia colaborativa no setor agroalimentar de Sernancelhe, este estudo pretende uma orientação para o reforço da competitividade do tecido empresarial e da imagem da região. A par disso, este documento almeja a inovação dos setores em causa, tendo como base a cooperação.

Faça download aqui